Ter disfunção erétil aos 20 anos é normal?

Ter problemas de disfunção erétil é algo mais comum do que se imagina. Somente aqui no Brasil, pesquisas mostram que, cerca de 50% dos homens possuem esta disfunção. Já no mundo, por exemplo, estatísticas mostram uma incidência de até 5% nos homens de 40 anos e até 25% nos de 65 anos. A disfunção erétil é um problema que atinge muitos homens e, consequentemente, casais. Onde é diagnosticado a incapacidade do homem de obter ou manter uma ereção adequada ao longo do sexo, causando significativo sofrimento e problemas em suas relações.

 

 

 

Cada um possui um grau de disfunção, que varia de mínima a severa e pode atingir homens de diversas faixas etárias. É certo que com o aparecimento do Viagra (Sildenafil), a primeira pílula lançada para o tratamento da disfunção erétil, seguida por outras com o mesmo propósito, muitos homens retomaram sua vida sexual de forma satisfatória. No entanto, está ficando cada dia mais comum que jovens com menos de 25 anos comecem a apresentar o problema.

 

Um estudo feito em 2002 em 13 estados brasileiros sob coordenação da médica psiquiatra Carmita Abdo – fundadora do ProSex – Projeto de Sexualidade do Hospital das Clínicas, revelou que, dos 2832 indivíduos pesquisados, 34,4% dos homens na faixa entre 18 e 25 anos apresentavam de mínima, 10,7% moderada e 1,1% completa ou severa. Algumas perdas eretivas podem aparecer na adolescência, em decorrência de exigências internas e externas para obter uma boa performance sexual na primeira transa, etc. Ou seja, um diagnóstico claro, juntamente com o apoio de uma clínica capacitada irá ajudar muitos jovens que podem estar desenvolvendo esses problemas, seja de cunho psicológico ou biológico.

Caso você sinta que suas relações sexuais não estejam tranquilas como antes, não deixe de entrar em contato conosco e saber mais como podemos te ajudar! 

 

 

Ter disfunção erétil aos 20 anos é normal?
Avalie este post!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *