Como o câncer de próstata é diagnosticado?

 

 

No início, o câncer de próstata não causa sintomas. À medida que o câncer cresce, você pode ter problemas para urinar. Alguns homens precisam urinar muitas vezes, especialmente à noite. Outros sofrem com ardência durante a micção, sangue na urina ou no sêmen, dor nas costas, quadris ou pelve e ejaculação dolorosa.

Para descobrir se esses sintomas são causados ​​por câncer de próstata, seu médico irá perguntar sobre seus problemas médicos passados ​​e o histórico médico da sua família. Ele ou ela irá realizar um exame físico. Durante o exame, seu médico colocará um dedo enluvado em seu reto para sentir sua próstata em áreas difíceis ou irregulares.

Seu médico também pode fazer um exame de sangue para verificar o nível de antígeno prostático específico (PSA). Os níveis de PSA podem ser elevados em homens com glândula prostática com câncer de próstata. Você também pode precisar de um exame de ultrassom que leve imagem da próstata.

Se os testes mostrarem que você pode ter câncer, seu médico irá confirmar isso com uma biópsia. Ele vai tirar pequenos pedaços da próstata para procurar células cancerosas. Seu médico pode querer fazer uma biópsia novamente para verificar novamente os resultados.

Como o câncer de próstata é tratado?

O tratamento para câncer de próstata depende se o câncer é em parte ou em toda a próstata ou se se espalhou para outras partes do corpo. Também depende da sua idade e da saúde geral.  Para o câncer que não se espalhou da próstata para outras partes do corpo, seu médico pode sugerir:

·      Se o câncer está crescendo devagar e não causando problemas, você pode decidir não tratá-lo imediatamente. Em vez disso, seu médico verificará regularmente as mudanças em sua condição.

·      O tipo mais comum de cirurgia para esse câncer remove a próstata inteira e alguns tecidos próximos. Tal como acontece com qualquer cirurgia, existem riscos. 

·      O tratamento de terapia de radiação usa a radiação para matar células cancerosas e encolher tumores. A radiação pode vir de uma máquina de raios-x ou de pequenas sementes radioativas colocadas dentro ou perto do tumor.

·      Os homens que possuem outros tratamentos como a terapia de radiação também podem ser tratados com drogas para impedir que o corpo faça testosterona. Isso é feito se parecer provável que o câncer volte. A terapia hormonal também pode ser usada para câncer de próstata que se espalhou além da próstata.

A importância do sistema urinário.

 

 

Os seres humanos, como outras criaturas vivas, se esforçam para manter a homeostase, o que significa equilíbrio. O cérebro e outros órgãos trabalham juntos para regular a temperatura corporal, a acidez do sangue, a disponibilidade de oxigênio e muitas outras variáveis. Dado que os organismos vivos devem absorver nutrientes e água, uma função homeostática importante é a eliminação, ou a capacidade de excretar produtos químicos e fluidos, de modo a manter o equilíbrio interno. O sistema urinário desempenha papéis excretores e homeostáticos importantes.

O sistema urinário consiste principalmente nos rins, que filtram o sangue, os uretros, que movem urina dos rins para a bexiga, a bexiga, que armazena a urina e, a uretra, através da qual a urina sai do corpo. Funcionalmente, os rins são a parte mais complicada do sistema. Os rins filtram o sangue através de tubos longos, depois retornam o sangue filtrado para a circulação, enquanto alguns fluidos e os resíduos saem dos rins como urina.

Um ponto importante no que diz respeito à compreensão do sistema urinário é que, em geral, o sistema não foi projetado para eliminar o fluido. Geralmente, os humanos se esforçam para manter fluidos corporais. Como tal, os rins eliminam o mínimo de fluido possível, mas toxinas e resíduos devem ser dissolvidos em água para serem excretados, de modo que é inevitável a eliminação de líquidos. E em geral, os rins desempenham um papel crucial não na eliminação, mas na manutenção do fluido corporal – se não fossem tão excelentes na manutenção do fluido, todo o volume de sangue seria urinado em questão de horas.

O papel do sistema urinário que a maioria das pessoas conhece é o da excreção. Através da micção, os seres humanos se livram de água extra e produtos químicos da corrente sanguínea.  Além disso, os rins desempenham um papel na manutenção de uma acidez normal do sangue, eliminando ou mantendo compostos ácidos e básicos no sangue.

 

O urologista faz o diagnóstico, trata e acompanha pacientes com distúrbios urológicos. Os órgãos estudados pelo urologista incluem os rins, ureteres, bexiga urinária, uretra e os órgãos do sistema reprodutor masculino (testículos, epidídimos, ducto deferente, vesículas seminais, próstata e pênis). Quer saber o que causa a ejaculação precoce? Entre em contato!

A importância do sistema urinário.

 

 

 

Os seres humanos, como outras criaturas vivas, se esforçam para manter a homeostase, o que significa equilíbrio. O cérebro e outros órgãos trabalham juntos para regular a temperatura corporal, a acidez do sangue, a disponibilidade de oxigênio e muitas outras variáveis. Dado que os organismos vivos devem absorver nutrientes e água, uma função homeostática importante é a eliminação, ou a capacidade de excretar produtos químicos e fluidos, de modo a manter o equilíbrio interno. O sistema urinário desempenha papéis excretores e homeostáticos importantes.

O sistema urinário consiste principalmente nos rins, que filtram o sangue, os uretros, que movem urina dos rins para a bexiga, a bexiga, que armazena a urina e, a uretra, através da qual a urina sai do corpo. Funcionalmente, os rins são a parte mais complicada do sistema. Os rins filtram o sangue através de tubos longos, depois retornam o sangue filtrado para a circulação, enquanto alguns fluidos e os resíduos saem dos rins como urina.

 

 

Um ponto importante no que diz respeito à compreensão do sistema urinário é que, em geral, o sistema não foi projetado para eliminar o fluido. Geralmente, os humanos se esforçam para manter fluidos corporais. Como tal, os rins eliminam o mínimo de fluido possível, mas toxinas e resíduos devem ser dissolvidos em água para serem excretados, de modo que é inevitável a eliminação de líquidos. E em geral, os rins desempenham um papel crucial não na eliminação, mas na manutenção do fluido corporal – se não fossem tão excelentes na manutenção do fluido, todo o volume de sangue seria urinado em questão de horas.

O papel do sistema urinário que a maioria das pessoas conhece é o da excreção. Através da micção, os seres humanos se livram de água extra e produtos químicos da corrente sanguínea.  Além disso, os rins desempenham um papel na manutenção de uma acidez normal do sangue, eliminando ou mantendo compostos ácidos e básicos no sangue.

O urologista faz o diagnóstico, trata e acompanha pacientes com distúrbios urológicos. Os órgãos estudados pelo urologista incluem os rins, ureteres, bexiga urinária, uretra e os órgãos do sistema reprodutor masculino (testículos, epidídimos, ducto deferente, vesículas seminais, próstata e pênis) Além disso, consultar um médico é essencial para saber o que o que causa ejaculação precoce. Entre em contato! 

Como lidar com o desejo sexual?

É muito comum que em algum momento da vida, o homem não consiga lidar com o próprio desejo sexual, principalmente no início de sua vida sexual. O desejo sexual também é conhecido como “pulsão sexual” é algo completamente comum, mas pode fazer com que tenhamos comportamentos que iremos nos arrepender mais tarde ou não. O fato é que o desejo sexual diminui, sendo saciado ou não. 

Algo que precisamos ter em mente é quando o desejo sexual está muito intenso, é que isso é algo passageiro, ou seja, ele não permanecerá tão intenso assim, seja ele saciado ou não. É muito comum que o desejo sexual masculino atinge seu ápice e então começa a voltar ao normal. No ápice é que cometemos os nossos maiores erros, sendo necessário muito autocontrole nesse momento.

Portanto, para evitar o erro, saiba que é uma sensação passageira e que irá resolver-se de qualquer forma, não necessitando que você tenha atitudes negativas, como transar com qualquer pessoa ou então reatar com uma ex, por exemplo. Por conta disso é importante ir além do desejo sexual e entender qual são essas atitudes futuras. E essa é a receita para os problemas. É dessa forma que muitos comportamentos negativos são realizados, trazendo consequências negativas e até mesmo irreversíveis futuramente. Não ter controle sobre seu desejo sexual é algo perigoso, pois isso pode comprometer suas relações. Por conta disso, é importante procurar um médico para lhe auxiliar e entender se você realmente tem um problema.  Aqui na Lifemen você encontra toda ajuda que precisa! Acesse nosso site e marque já uma consulta.

Urologistas: tudo o que você precisa saber

Se engana quem pensa que o urologista atende somente homens.  Mesmo não sendo uma especialidade muito procurada pelas mulheres, o urologista atende pelo tratamento de cálculos renais, por exemplo. Mulheres que sofrem desse problema devem fazer um acompanhamento regular com um urologista, realizando exames a cada seis meses ou um ano. Além disso, ele também lida com tumores nos rins ou na bexiga, o acompanhamento de um urologista é fundamental.  Um urologista também atende mulheres que estejam com infecção urinária e incontinência urinária, doença que atinge 40% das grávidas e 35% daquelas que estão na pós-menopausa, cuidando também de prolapso genital. Além disso, qualquer problema que envolva os rins, ureteres, bexiga urinária e uretra de homens e mulheres pode ser bem tratado por urologistas.  Ele também trata  famosa cistite intersticial, que é a inflamação crônica da bexiga, geralmente muito intensa, que acomete principalmente mulheres com idade de 20 a 60 anos. Sua causa ainda é desconhecida.  Este médico vem desde a infância, avaliando os problemas de desenvolvimento peniano, alterações de testículos, fimose e acompanhando os meninos até a sua adolescência. Nesta fase vem o acompanhamento da puberdade, orientando-os nos aspectos da sua sexualidade e desenvolvimento.  Já a partir dos 40 anos, o Urologista pode iniciar um acompanhamento anual da próstata em virtude dos elevados índices de câncer nesta glândula (cerca de 10% da população). Os índices de cura desta doença são elevados quando o diagnóstico é feito precocemente. A mulher pode procurar o urologista quando falamos dos órgãos do trato urinário — o que inclui rins, bexiga, ureteres, uretra, próstata e genitália masculina.    Surgindo essa necessidade, não deixe de procurar o urologista sempre que necessário. 

Ejaculação precoce pode dificultar a gravidez?

A ejaculação precoce é um problema que afeta diversos homens pelo mundo. No qual, o homem não consegue controlar o momento ejaculatório e acaba ejaculando antes de satisfazer as vontades de sua parceira ou até a si mesmo. Muitas mulheres sofrem acreditando que isso é a falta de libido, na verdade, é um problema retrogrado, já que o excesso de desejo e ansiedade acabam causando a ejaculação precoce. É claro que essa é somente um dos sintomas, podendo ser causado por outras fontes.  Aí que entra a pergunta: será que por ejacular tão rapidamente, o homem consegue engravidar a mulher? O fato é que isso não faz sentido algum já que mesmo que precocemente, o homem esteja ejaculando dentro da mulher. No entanto, se o homem sofrer com ejaculação precoce e não está conseguindo engravidar sua parceira, sem dúvidas precisa procurar um médico. Na verdade, ao apresentar ejaculação precoce, o homem já deve procurar um urologista o quanto antes. A ejaculação precoce só pode ser um problema para a fecundação caso ela aconteça antes da penetração. Alguns homens ficam tão ansiosos que não conseguem penetrar na mulher. Em outros casos, isso acontece porque ele sofre de hipersensibilidade na glande peniana, que faz com que qualquer contato de pele ou com outra superfície, como o lençol, faça-o ejacular.  Se esse não é o seu problema e se você e a sua parceira já fizeram os exames médicos necessários, sem nada constar, basta continuar tentando, pois talvez a sua esposa não estivesse nos dias férteis quando vocês tentaram. Por conta disso, o casal deve conversar bastante e ser muito companheiro, compreensivo e paciente, porque a gravidez não depende de apenas um fator, mas de vários, e que devem acontecer simultaneamente.   

Como melhorar a ejaculação precoce?

 

A ejaculação precoce é uma realidade muito comum em alguns homens. Pois graças aos tratamentos, isso deixou de ser um tabu entre eles, que procuraram conversar e entender esse problema. Por conta disso, hoje ficou muito mais fácil procurar um tratamento para saber como melhorar a ejaculação precoce. Quem enfrenta este tipo de disfunção sabe que a melhor maneira de lidar com o problema é procurando um médico especializados em procedimentos de como melhorar a ejaculação precoce. Existem muitos médicos hoje que tratam desse problema e o melhor é que tratam isso com sigilo total ao paciente. 

 

Por meio de tratamentos personalizados, que melhoram a performance sexual dos homens, a ejaculação precoce como evitar deve ser entendida a partir dos seus sintomas, diagnósticos e tratamentos. A Ejaculação Precoce é a ejaculação sem controle e prematura, que acontece com um mínimo estímulo sexual e impossibilita seguir com a relação para satisfazer a si mesmo e a parceira.

Existem dois tipos: A primaria, quando se faz presente ao longo da vida sexual do homem e a secundária, que aparece relacionada com a disfunção erétil e se soluciona tratando o problema de ereção. Assim, a ejaculação precoce como evitar acontece quando o homem não consegue exercer controle no momento de uma ejaculação e tem orgasmo antes do esperado durante uma relação sexual. Para deixar mais claro ainda, e para aliviar a culpa que muitos homens sentem, é preciso explicar que a ejaculação precoce como evitar ocorre independentemente da vontade do homem. Contudo, como muitos sabem, a ejaculação precoce como evitar causa uma certa insatisfação de casais. Por isso, vale a pena procurar um médico especializado para entender melhor qual o seu problema e se realmente você tem ejaculação precoce.

 

 

 

Itens que comprometem a fertilidade masculina

É muito comum que com o passar do tempo, a fertilidade, bem como a contagem de espermatozoides diminua. Estudos apontam que diversos outros fatores embutidos na nossa rotina possam comprometer a fertilidade masculina. O primeiro deles é ficar acordado até tarde. Um estudo publicado no periódico científico Fertility & Sterility aponta que homens que dormem menos de seis horas por noite possuem uma probabilidade de até 31% menor de engravidar suas parceiras do que aqueles que têm de sete a oito horas de sono por noite. Assim, a falta de sono pode diminuir a produção de testosterona, hormônio essencial para a produção de esperma. No entanto é preciso cautela e principalmente equilíbrio, pois muito sono também é prejudicial. Homens que dormiam mais de nove horas por noite também demonstraram níveis mais baixos de fertilidade.

 

Outro estudo publicado pela mesma fonte, mostra que o uso de KY ou qualquer outro lubrificante pode prejudicar a motilidade, ou seja, a  capacidade de nadar até o óvulo – do espermatozoide e, consequentemente, dificultar a gravidez. A razão para isso seria a consistência pegajosa da substância. ” Além disso, eles também podem conter ácido clorídrico, um conservante que pode matar os espermatozoides. Lembrando que isso não significa que o lubrificante pode ser usado como método contraceptivo. Para finalizar, a dica é que uma dieta rica em peixe pode salvar seus nadadores. Ou seja, uma dieta saudável onde haja peixe e alimentos saudáveis pode ajudar os espermatozoides a chegar com mais precisão a seu destino. Tudo isso porque o peixe é rico em ômega-3. Além disso, é interessante comentarmos sobre a impotência sexual. Este problema relacionado à sexualidade masculina pode ocorrer em qualquer idade, mas está centrando normalmente em homens acima dos 35 anos. No passado, falar de impotência sexual era um grande tabu. Hoje em dia, diversos homens fazem questão de afirmar que já tiveram que lidar em algum momento da vida com impotência sexual e que ao procurar um médico especializado no assunto voltaram a ter uma vida sexual saudável.

Existe algum remédio para ejaculação precoce?

 

Não é de hoje que falamos aqui no blog sobre o tratamento para ejaculação precoce e do quanto ela pode afetar os homens. Sua definição pode variar, já que alguns especialistas estimam que se você goza em menos de 2 minutos após iniciar a penetração, pode ser diagnosticado com a ejaculação precoce. Outros apontam que se você não leva sua parceira(o) ao orgasmo em  menos 50% das transas, também se encaixa no grupo. Da mesma forma que se isso acontece uma vez ou outra, você não precisa se preocupar, mas se for algo recorrente é preciso procurar o tratamento e diagnostico adequado. A pergunta é a seguinte: você consegue controlar a sua ejaculação? Existe sim remédios e muitos tratamentos para a ejaculação precoce, mas, o primeiro passo para que o tratamento para ejaculação precoce seja bem sucedido é levar a sua visita ao médico a sério. Responda com sinceridade a todas as perguntas feitas acima, realize os exames solicitados, coloque em pratica as sugestões feitas no consultório e trabalhe em parceria com o profissional.

 

A Ejaculação Precoce é a ejaculação sem controle e prematura, que acontece com um mínimo estímulo sexual e impossibilita seguir com a relação para satisfazer a si mesmo e a parceira.

Existem dois tipos: A primaria, quando se faz presente ao longo da vida sexual do homem e a secundária, que aparece relacionada com a disfunção erétil e se soluciona tratando o problema de ereção.

Aqui na Clínica Lifemen, nós oferecemos cuidados a homens a partir 35 anos de idade em diversos pontos do Brasil. Hoje em dia, nós oferecemos nossos serviços de alta qualidade nos estados de São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Goiás, Brasília, Bahia, Paraná e Ceará. Fale com nossos especialistas sobre o tratamento para ejaculação precoce e tire suas dúvidas.

Como a ansiedade pode afetar sua vida sexual

Sem dúvidas, estar ansioso mexe muito com o nosso corpo. Você não come muito ou come demais, pode ter dores físicas, não há controle sobre o que está pensando, e por aí vai. Acontece que após ser diagnosticado com crises de ansiedade, o homem pode ter sua vida sexual afetada. Por conta disso é preciso recorrer rapidamente ao seu médico para que seja indicado o melhor tipo de tratamento para o  caso. 

Falando um pouco sobre como isso  afeta diretamente a sua vida sexual, devemos lembrar que o  corpo do pênis possui três canais de tecido erétil, dos quais dois são os corpos cavernosos. Quando o homem é estimulado, esses estímulos chegam ao cérebro que ativa os nervos e os vasos sanguíneos do pênis. Desta forma, as artérias são dilatadas e uma maior quantidade de sangue chega a elas graças à liberação de uma substância chamada óxido nítrico. Com esse aumento do volume sanguíneo o pênis consegue ficar ereto.

Quando o homem está ansioso ou estressado, há uma grande produção de adrenalina o que, consequentemente, não deixa o óxido nítrico agir. Assim, as artérias que não dilatam direito e o risco de falhar é maior.  O homem fica muito apreensivo caso não consegue ter uma ereção e isso pode aumentar ainda mais a adrenalina em suas próximas relações sexuais. Isso vira um ciclo e, quando o homem não consegue voltar a ter calma, pode precisar de ajuda médica e psicológica.

Geralmente, a impotência se trata de uma dificuldade contínua, ou seja, que sempre se manifestou na vida sexual do homem ou algo que está acontecendo ultimamente. Em ambos os casos, a melhor solução é sempre se consultar em um profissional especializado e que lhe deixe bastante confortável. Por conta disso, é importante procurar seu médico para entender melhor a fonte do seu problema de impotência ou ejaculação precoce.