Sign up with your email address to be the first to know about new products, VIP offers, blog features & more.
[mc4wp_form id="4890"]
Zapisz Zapisz

Impotência Sexual após os 40 é mais comum do que você imagina

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×

Impotência Sexual após os 40 anosA impotência sexual é uma problema que atinge mais da metade dos homens com mais de 40 anos. E apesar de ser um problema muito comum, existe um grande número de pessoas que não buscam médicos especialista em vida sexual masculina para tratar o problema.

A impotência sexual pode ocorrer devido a causas psicológicas, como depressão, ansiedade e stress. E também por causas orgânicas como diabetes, pressão alta, cardiopatia, problemas neurológicos, vasculares e endócrinos.

Fatores e hábitos que afetam a vida sexual masculina

Existem diversos fatores que podem contribuir no surgimento deste problema, entre os principais temos:

  • Cigarro: o cigarro pode causar obstrução da artéria, pouca dilatação e diminuição dos vasos sanguíneos que percorrem para o pênis.
  • Depressão e ansiedade: o excesso de adrenalina impede que o sangue chegue ao pênis, pois os vasos se contraem e não deixam o sangue fluir.

Desmitificando a Impotência Sexual

Segundo pesquisa feita pela Sociedade Brasileira de Urologia, dos 5 mil homens entrevistados, 44% deles nunca foram a um urologista, e não fazem exames preventivos.

As mulheres passam em ginecologista a vida inteira, por uma questão de saúde, acompanhamento e prevenção de doença. O ideal seria que os homens fizessem o mesmo. A vida sexual masculina afeta diretamente a qualidade de vida do homem, sendo um fator predominante para a autoestima.

Tratamento para Impotência sexual

A impotência sexual é caracterizada na dificuldade em ter ou manter a ereção. Ocorre devido a quantidade suficiente de sangue não chegar ao pênis, ou o sangue não se mantém no local no tempo necessário para que a ereção ocorra.

Os principais sintomas da impotência sexual são: dificuldade ou falta de ereção, perda de ereção durante o ato sexual ou ejacular com o pênis pouco ereto.

O diagnóstico é feito por um médico especialista em saúde sexual masculina, o mesmo solicitará um exame que mede o fluxo arterial e também analisa a obstrução da artéria peniana.

Pode ser realizado também o método de injeção intra-cavernosa, que aumenta o fluxo do sangue no local (neste exame já é possível identificar o problema do paciente ser psicológico).

O tratamento para impotência sexual pode variar de acordo com o diagnóstico do especialista, o mesmo pode orientar psicoterapia, reposição hormonal, medicação oral, auto-injeção, enrijecimento peniano por sucção e até mesmo prótese peniana.

Os tratamentos são individuais e personalizados de acordo com cada caso, de cada paciente. Entre em contato hoje mesmo com a Lifemen.

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×