Sign up with your email address to be the first to know about new products, VIP offers, blog features & more.
[mc4wp_form id="4890"]
Zapisz Zapisz

Como o excesso de trabalho pode influenciar na saúde sexual masculina

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×

saúde sexual masculina

O excesso de trabalho é uma situação que pode prejudicar vários aspectos da saúde de um indivíduo. Para o homem, essa questão afeta um aspecto ainda mais delicado da sua qualidade de vida: a saúde sexual masculina.

Pode parecer pouco provável que a carga excessiva de trabalho influencie de maneira tão significativa na vida sexual de um homem, mas neste artigo vamos mostrar por que você deve começar a prestar atenção nessa situação.

O stress é o maior inimigo da saúde sexual masculina

Você provavelmente sabe que uma das maiores consequências do excesso de trabalho na rotina de qualquer pessoa é a elevação dos níveis de stress corporal. Para o homem o stress tem fatores ainda mais preocupantes, porque além de afetar sua saúde cardiovascular (que é mais sensível que a feminina) e emocional, ele também tem ação direta na saúde sexual masculina.

O stress é responsável por várias alterações na circulação sanguínea, no aumento da glicemia circulante e também aumenta a dificuldade de concentração do indivíduo afetado. Todas essas condições afetam de maneira significativa a capacidade do homem em manter a ereção ou até mesmo manifestar algum tipo de desejo sexual.

Cansaço físico pode prejudicar

Excesso de trabalho também pode gerar algum tipo de cansaço físico no organismo humano, afinal, o corpo sente essa carga elevada de trabalho e desconta em forma de tensão muscular no indivíduo.

Esse cansaço físico, obviamente, afeta a disposição do indivíduo em manter a prática sexual, por alegar exatamente uma sensação de exaustão. Quanto mais exausto o homem se sentir, maiores serão os efeitos na saúde sexual masculina.

saúde sexual masculina

Cansaço mental também é um problema para a saúde sexual

O cansaço mental é também uma das principais consequências da carga elevada de trabalho na saúde sexual masculina. Além de ser responsável por desencadear vários níveis de estresse, a exaustão mental tira do homem a capacidade de se concentrar no ato sexual e até mesmo influenciar na sua manifestação da libido, prejudicando — e muito — a prática do sexo no dia a dia.

Falta de tempo para compartilhar com a parceira

Quem trabalha demais tem o que? Tempo de menos. E isso não significa apenas menos tempo para descansar ou fazer as coisas que gosta. Isso também pode significar menos tempo para compartilhar com a parceira — o que interfere significativamente na relação, na intimidade e no desejo compartilhado entre os dois.

Portanto, a falta de tempo para se dedicar ao relacionamento também pode afetar a saúde sexual masculina, afinal, ele (ou ela) poderá se sentir cada vez menos disposto para a prática sexual.

Quadros de depressão podem se desenvolver

Um quadro preocupante para o indivíduo que trabalha demais é o desenvolvimento da depressão. A depressão é uma doença psiquiátrica grave e que pode ter várias consequências preocupantes para a saúde. Uma delas, naturalmente, afeta a saúde sexual masculina, que é a ausência do desejo sexual.

Nesses casos, a depressão é um quadro que deve ser observado de perto quando identificado e seu tratamento deve levar em consideração todos os aspectos de desenvolvimento da doença e seus sintomas.

O excesso de trabalho é sim um grande problema para a saúde sexual masculina. Você tem trabalhado demais? Conte para a gente!

Avalie este post!

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×