Sign up with your email address to be the first to know about new products, VIP offers, blog features & more.
[mc4wp_form id="4890"]
Zapisz Zapisz

Saúde Masculina

4 coisas que só o seu especialista sexual pode te contar

especialista sexual pode te contar

As características de uma boa saúde sexual podem ser percebidas tanto física quanto emocionalmente. Por isso, em alguns casos, para tratar de problemas sexuais, recomenda-se também o tratamento psicoterápico.

Se você acha que entende tudo sobre sexo e saúde sexual, está enganado. Veja 4 coisas que somente seu especialista sexual pode te contar!

1. Quais são as causas do seu problema

Somente o especialista sexual pode te contar quais são as causas reais de seus distúrbios sexuais, pois ele tem os conhecimentos e os equipamentos necessários para fazer isso.

Não adianta ficar conjecturando, achando isso ou aquilo, é preciso ter certeza do que está acontecendo e por que está acontecendo.

O médico especializado em saúde sexual masculina irá realizar exames clínicos e laboratoriais, fará as perguntas necessárias sobre sua vida, os sintomas do problema, seu histórico de doença e outras coisas.

Disfunção erétil: 5 razões para tratar ainda hoje esse problema

disfunção erétil

A disfunção erétil é um distúrbio sexual que pode ter intensidade baixa, moderada ou grave. Pode ser um problema passageiro, mas também pode ser permanente. Pode atingir homens de qualquer idade, inclusive jovens, mas é mais frequente acima dos 40 anos. Ela é muito comum no mundo todo, provocada por diferentes causas.

Leia o post e veja algumas boas razões para você tratar a disfunção erétil o quanto antes!

1.  Quanto mais você demorar em iniciar o tratamento, a disfunção erétil pode piorar

Esta é uma regra básica para todas as doenças e distúrbios — quanto mais a pessoa demorar em realizar o tratamento, mais o problema pode se agravar.

Por exemplo, quanto mais cedo se identifica o câncer, menos difícil e menos doloroso será o tratamento. Quando o câncer já está muito avançado e o paciente ainda não realizou nenhum tratamento,

Existe tratamento de disfunção erétil para pessoas com diabetes?

disfunção erétil para pessoas com diabetes

O diabetes tornou-se uma doença comum nos dias atuais. Infelizmente, além dos transtornos mais conhecidos que essa doença pode causar, ela também pode influir no desenvolvimento de um problema sexual muito temido pelos homens: a disfunção erétil.

Leia o post e veja se existe tratamento de disfunção erétil para pessoas com diabetes!

Diabetes mellitus e disfunção erétil

O diabetes, ou Diabetes mellitus, é uma doença que se caracteriza pelo excesso de açúcar no sangue. Homens com diabetes apresentam uma probabilidade alta de desenvolver a disfunção erétil: em geral, eles podem desenvolvê-la de 5 a 10 anos mais cedo que os homens que não apresentam a doença.

A Associação Americana de Diabetes afirma que, no mínimo, 50% dos homens portadores de diabetes com mais de 50 anos desenvolvem o problema sexual.

A notícia boa é que,

Não é apenas o estresse que prejudica o desempenho sexual. Entenda outras causas

estresse prejudica o desempenho sexual

 

O mau desempenho sexual do homem pode ter causas diferentes. Costuma-se associar um desempenho abaixo da média a fatores psicológicos, inclusive ao estresse.

Realmente, o estresse prejudica o desempenho sexual do homem e pode gerar diversos outros problemas na sua vida. Desgastado pela rotina do trabalho, com pouca concentração, o homem pode apresentar dificuldades de manter uma relação sexual de boa qualidade.

Contudo, existem outras causas que interferem na boa performance do homem na cama.

O estresse prejudica o desempenho sexual

A influência negativa que o estresse pode exercer na vida sexual é preocupante. Uma pesquisa realizada em Portugal há alguns anos revelou que estresse e cansaço são as causas principais do mau desempenho sexual masculino, reduzindo a libido.

A imagem, criada pela sociedade, que praticamente “obriga” o homem a ter mais desejo sexual que a mulher e a estar sempre preparado para as relações contribuem para o estresse masculino,