Sign up with your email address to be the first to know about new products, VIP offers, blog features & more.
[mc4wp_form id="4890"]
Zapisz Zapisz

Saúde Masculina

Impotência Sexual após os 40 é mais comum do que você imagina

Impotência Sexual após os 40 anosA impotência sexual é uma problema que atinge mais da metade dos homens com mais de 40 anos. E apesar de ser um problema muito comum, existe um grande número de pessoas que não buscam médicos especialista em vida sexual masculina para tratar o problema.

A impotência sexual pode ocorrer devido a causas psicológicas, como depressão, ansiedade e stress. E também por causas orgânicas como diabetes, pressão alta, cardiopatia, problemas neurológicos, vasculares e endócrinos.

Fatores e hábitos que afetam a vida sexual masculina

Existem diversos fatores que podem contribuir no surgimento deste problema, entre os principais temos:

  • Cigarro: o cigarro pode causar obstrução da artéria, pouca dilatação e diminuição dos vasos sanguíneos que percorrem para o pênis.
  • Depressão e ansiedade: o excesso de adrenalina impede que o sangue chegue ao pênis, pois os vasos se contraem e não deixam o sangue fluir.

Saúde Sexual Masculina: saiba qual médico procurar para tratar problemas sexuais

O desempenho sexual afeta diretamente na autoestima do homem. E quando o ato sexual não é mais satisfatório é preciso procurar a ajuda de um especialista em saúde sexual masculina.

Atendimento especializado é o primeiro passo para uma vida sexual saudável

Existem diversos distúrbios sexuais e para cada distúrbio é preciso realizar exames específicos para a indicação de um tratamento eficaz. Na Lifemen Clínica especializada em Saúde Sexual Masculina, temos profissionais certificados e especializados em problemas sexuais do homem.

Listamos abaixo alguns tratamentos oferecidos em nossa clínica, e a metodologia de diagnóstico de cada um:

  • Ejaculação Precoce: o diagnóstico é feito por um médico especialista no assunto. Inicialmente é preciso que o paciente apresente os sintomas, e de acordo com isso o médico poderá solicitar exames.

 

Ejaculação precoce: conheça as principais causas

tratamento para Ejaculação precoceSegundo estudos realizados por médicos especialista em saúde sexual masculina, a ejaculação precoce pode ocorrer em qualquer homem.

Esse distúrbio sexual atinge cerca de 18% de homens jovens, e mais de 50% de homens com mais de 40 anos. Existem outros estudos que relacionam os problemas sexuais masculinos com outros problemas de saúde como a diabetes.

A partir do momento que o desempenho sexual já não é mais satisfatório, a ejaculação prematura afeta diretamente na autoestima e segurança do homem.

Os homens demoram a buscar ajuda pra esse distúrbio sexual, seja por timidez ou vergonha, e essa demora em procurar por um médico especializado em saúde sexual masculina pode tornar problemas ainda mais grave, levando até mesmo a impotência sexual.

Como saber se tenho ejaculação precoce?

A convenção médica de saúde sexual masculina considera que ejacular após 5 minutos ou mais de estimo,

Conheça as queixas e problemas sexuais que os terapeutas mais ouvem

problemas sexuais que os terapeutas mais ouvemDe acordo com uma pesquisa patrocinada por uma marca de preservativos, 51% dos homens brasileiros estão insatisfeitos quando o assunto é sexo. Entre as principais reclamações estão a pouca frequência de relações sexuais, a monotonia, a ejaculação precoce e a disfunção sexual.

O que é a disfunção erétil?

O transtorno, ou disfunção erétil, é a dificuldade em ter ou manter a ereção por um período mais prolongado. Segundo uma pesquisa encomendada pela Sociedade Brasileira de Urologia ao Ibope, em 2015, 59% dos homens entre 40 a 69 anos já tiveram episódios de falha na ereção.

Assim como a ejaculação precoce, o transtorno erétil masculino é o problema sexual que mais motiva os homens a buscarem auxílio médico. Entenda melhor o que causa a dificuldade de ereção.

O que todo homem precisa saber sobre a Disfunção Erétil Masculina

Um homem é considerado portador de disfunção erétil se tiver dificuldade em obter ou manter uma ereção firme o suficiente para poder ter relações sexuais.