[spacer] [spacer]
Sign up with your email address to be the first to know about new products, VIP offers, blog features & more.
[spacer] [mc4wp_form id="4890"] [spacer] Zapisz Zapisz

Até onde a alimentação prejudica o desempenho sexual?

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×

alimentação prejudica o desempenho sexual

O homem que deseja manter-se sexualmente ativo, independentemente de sua idade, precisa manter hábitos saudáveis, praticando exercícios, evitando sentimentos negativos (como medo e ansiedade) e cultivando uma alimentação salutar.

Muito se fala em boa dieta quando se trata de saúde sexual. Existem mitos e verdades sobre o assunto.

Veja até que ponto uma má alimentação prejudica o desempenho sexual!

A alimentação e a vida

Todo ser vivo precisa se alimentar para sobreviver. São os alimentos que fornecem energia para o organismo se manter ativo, respirando, trabalhando, estudando, praticando sexo.

Não se trata de comer sem critérios, mas escolher os alimentos certos, aqueles que são necessários para a vida. As plantas, que fabricam o próprio alimento, levam vantagem sobre os animais, pois produzem exatamente aquilo que precisam usando a energia solar.

O homem, por sua vez, costuma não ser muito seletivo em sua alimentação. Certos alimentos podem fazer bem enquanto outros podem prejudicar. Alguns afetam diretamente o sexo, outros afetam indiretamente.

Além disso, o conceito de alimento não se limita a substâncias sólidas, pois a água é o alimento que nosso corpo mais necessita.

A ereção no pênis

Para compreender como a alimentação prejudica o desempenho sexual, é preciso entender como funciona o pênis. Para a prática do ato sexual, o pênis precisa passar por uma transformação, ou seja, ele precisa ficar ereto. Contudo, para ficar ereto, o pênis precisa de irrigação sanguínea, o sangue precisa ficar concentrado nos corpos cavernosos em quantidade suficiente e durante o tempo necessário para a cópula.

O pênis reage automaticamente a estímulos sexuais. Quando isso não acontece, o homem está sofrendo de problemas sexuais, como baixa libido e/ou impotência.

Se o fluxo sanguíneo não for suficiente, o pênis não vai atingir boa ereção e o desempenho sexual será prejudicado.

alimentação prejudica o desempenho sexual

Como a alimentação prejudica o desempenho sexual

Vamos dividir em dois grupos principais os alimentos que podem prejudicar o desempenho sexual.

As gorduras

As gorduras são apontadas como vilãs quando se fala em sexo. A relação entre mau desempenho na cama e gordura é fácil de entender. Basta comparar as artérias do corpo com os canos de uma tubulação.

Os canos das pias de lavar pratos, por exemplo, costumam ficar entupidos por causa do excesso de gordura. E, não raro, dá muito trabalho desentupi-los. Como a gordura não se dissolve facilmente, ela vai se acumulando nos canos até dificultar ou mesmo impedir a passagem da água.

Da mesma forma, acontece com nosso corpo, a gordura vai se acumulando nas artérias e, com o tempo, acabam obstando o fluxo sanguíneo. Sem receber sangue suficiente, o pênis não obterá uma ereção satisfatória.

A alimentação prejudica o desempenho sexual quando é rica em gordura insaturada ou trans. Esse prejuízo poderá ser sentido em médio ou longo prazo. Evite comer muitas frituras (batata-frita, pastel, sanduíche) e outros alimentos gordurosos (como carnes vermelhas).

Os açúcares

Os alimentos com muito açúcar também podem ser prejudiciais. Os carboidratos servem para fornecer energia ao organismo, mas se forem consumidos em excesso (principalmente, por pessoas sedentárias), eles não serão totalmente utilizados e acabarão ajudando a aumentar os depósitos de gordura do corpo.

Muito açúcar no sangue também tende a reduzir o desejo sexual, comprometendo uma boa performance.

A alimentação e os problemas de saúde

Frituras, refrigerantes, doces, laticínios em excesso podem provocar doenças como diabetes, obesidade, acúmulo de gases, problemas cardiovasculares — tudo pode atrapalhar o desempenho sexual.

O uso de sal em excesso pode gerar problemas de pressão alta e alguns remédios para tratar essa doença podem causar disfunções eréteis. São muitos os medicamentos que atuam negativamente sobre o desempenho sexual (evitando doenças através de controle alimentar, evita-se o uso desses remédios).

É importante considerar que uma pessoa que se alimenta mal, come pouco, ficará indisposta, sem energia, dificultando a prática do sexo e até reduzindo o desejo. Nesse caso, a falta de alimentação prejudica o desempenho sexual.

Entendeu como a alimentação prejudica o desempenho sexual? Tem se alimentado bem? Qual a sua dieta diária? Deixe seu comentário nos espaços abaixo!

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×